Novidades Online

Eduardo e Mônica – Ideia genial! Ou não?

Ontem fiquei impressionado com o vídeo da Vivo, criado pela África. Até ia fazer uma homenagem para a ideia maravilhosa de reproduzir um clipe da música Eduardo e Mônica, do Legião Urbana, para o dia dos namorados. Genial! Ou não?

Confira o vídeo da ATL (abaixo), publicado em 2000 ou 2002, como explicado no youtube. E compare com o da Vivo (mais abaixo).

ATL

Vivo

Bom, é uma pena.
Ainda bem que não escrevi ontem.

Anúncios

17 comentários em “Eduardo e Mônica – Ideia genial! Ou não?

  1. Carlos Augusto

    A ATL foi mais inteligente, não mudaram a história da música. A Vivo fez o que os adolescentes fazem no youtube, um clipe cheio de colagens

  2. Tiraram do ar???????? COMO ASSIM!!!

  3. poxa, nao consegui ver o da ATL. Eu achei que fosse uma super idéia, fiquei até triste que já fizeram =(

  4. Rafael Moura

    lixo publicidade fede, o cancer do mundo!!!!

  5. Carneiro

    Tiraram o vídeo original do ar!

  6. Sinceramente…
    achei o da vivo melhor

    • nao se compara a qualidade…1 foi feito em 2000 e o outro em 2011…. ate nos.. se fizermos algo hj… amanha se fizermos de novo faremos melhor

  7. igual a propaganda da oi do ligador, tiraram do filme spider man, quando peter park começa a usar a roupa preta e fica esnobe

  8. Alexandre E.

    É mesmo… Realmente todo mundo tem que conhecer um comercial REGIONAL de VAREJO de 10 anos atrás. Francamente.

    É muita ingenuidade, para não dizer burrice, acreditar em plágio num caso como esse nos tempos de hoje, onde o outro filme poderia aparecer a qualquer momento.

    É por isso que esse mercado cada vez mais perde a credibilidade, porque as pessoas ficam tentam achar motivos para desmerecer o trabalho alheio e criar polêmicas desnecessárias e infundadas.

    O filme da ATL é um comercial que usa Eduardo e Mônica como trilha. Já o da VIVO, é uma ação de branded content com ativações em diversos meios. Sem contar que, mesmo levando em conta apenas o vídeo, é muito mais bem realizado.

    Ano passado foram dezenas de comerciais usando Bitter Sweet Symphony como trilha. Esse ano em todo break eu ouço Dog Days Are Over. Mas ninguém fala em plágio nem nada. Seria uma má vontade contra determinadas agências? Um ódio seletivo?

  9. É normal fazerem uso de temas ícones da cultura popular. Eduardo e Mônica é um dos casos. Sem crise… mesmo se repetindo, são visões e linguagens diferentes. No da Vivo, a linguagem publicitária é mais sútil, além de seguir literalmente a música, o que não acontece com o da ATL, que foi adaptada para 1 min. Nem tudo precisa ser uma idéia GENIAL… pode ser uma idéia bem executada e ponto!

  10. Pingback: Vivo se posiciona sobre polêmica com ‘Eduardo e Mônica’ « publicidade e cerveja – Porque o segredo do sucesso criativo, é a gelada. – por Gledson Neix

  11. Ah, na boa, não tem o que comparar. Todos nós criativos, sabemos que as idéias estão aí, no ar! O filme da ATL não tem nada de genial. Publicidade comum. Usaram a música como se fosse um jingle (e mal executado ainda…) A mensagem de “venda” é explicita demais, quase grosseira. Ainda mais quando entra aquele “locutor jovem com voz animada” e “lança” a promoção. Enfim…
    Já o filme da Vivo é sensível. É bonito. Tem uma mensagem publicitária sutil da marca. Valoriza a emoção, os sentimentos e nos remete a data que todos (mesmo os menos românticos e até solteiros) temos o desejo de comemorar. E quem não se sentiu vivendo uma relação Eduardo e Mônica, que atire a primeira pedra.
    Dizem por aí que na publicidade nada se cria. Tudo se copia. Já vi isso acontecer muitas vezes. Mas, nesse caso, penso que nada foi copia. Tudo foi recriado. E com muito mais bom gosto e sensibilidade criativa.

  12. Concordo plenamente com o Marcelo. A ideia da VIVO representa o que devemos entender de publicidade hoje em dia: nao ser invasivo e utilizar as ideias e valores que estao por tras da simples venda… A VIVO nao quer vender celulares e dispositivos, quer vender a conexao, a proximidade… e nada mais proveitoso do que utilizar o Dia dos Namorados para representar isto… o video consegue nos tocar e emocionar… Se a ideia central e da ATL, a VIVO reaproveitou 100% e principalmente pegou a sacada e a ideia central…

  13. Na moral, talvez ele partiram do mesmo principio, mas eu vejo o da vivo bem diferente ( mesmo com a história da diferença de época e tal ). O da vivo traz MUITO mais emoção e o da ATL só o fundo musical é Eduardo e Monica, o da vivo foi feita especialmente pra dia dos namorados!

  14. Natália

    Gente por favor, é muito bom sermos críticos pricipalmente no que diz respeito a propagandas, mas pessoal são duas intenções diferentes. O vídeo da ATL apenas usa a música como plano de fundo e realmente concordo com a colega que disse que é grosseira a intenção de venda.

    O vídeo da vivo é doce, trouxe em muitas pessoas, não só as que viveram aquela época uma sensação de nostalgia e realmente aqueceu meu coração…

    Outra coisa, sempre ao ouvir a música imaginava como seriam Eduardo e Mônica, como se conheceram enfim, não é por acaso que muitos tem expressado o desejo de que realmente vire um longa!
    Parabéns VIVO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: