Marketing

Por trás do Carnaval

criarnegocioproprio copy               

               Em 2013 várias cidades tiveram o carnaval cancelado por inúmeros motivos, foi aprovado por muitas pessoas e desaprovado por muitos foliões. Muitos consideram o carnaval uma “festa desnecessária”, pois além de gastar dinheiro das prefeituras, abarrotam os hospitais e delegacias das cidades.

                Mas ao contrário do que algumas pessoas acreditam o carnaval é muito mais que uma festa, é um modo de movimentar a economia nos setores de turismo, serviços, hotelaria e gera empregos para artesãos e até mão de obra qualificada (publicitários, arquitetos, engenheiros elétricos, especialistas em moda, historiadores, entre outros).

               Segundo dados do RioTur, o Rio de Janeiro movimenta R$ 1 bilhão em cada carnaval, esse dinheiro é injetado diretamente na economia da cidade, gerando empregos, consumo e investimento que no futuro trará resultados ainda maiores que os investidos pela prefeitura.

              Em 2008 a crise econômica afetou o mundo todo, mas o Brasil não foi atingido como os outros países, um dos motivos pelo qual o Brasil passou quase ileso foi grande parte atribuída à confiança da população na economia do país. O presidente Lula, em um de seus discursos sobre a crise, disse: “Lá (nos EUA), ela é um tsunami; aqui, se ela chegar, vai chegar uma marolinha que não dá nem para esquiar.” Com esse discurso a população se sentiu confiante e não deixou de consumir, isso fez com que a economia brasileira seguisse firme.

              Simplificando, a economia não é só baseada em número, a economia é baseada principalmente em especulações. Se a população tem receio de gastar a economia para de girar, diminuem-se os empregos, os investimentos, o consumo e tudo aquilo que gera renda. O mercado é uma cadeia produtiva, se um setor para os outros setores também param, pois não há demanda.

              Quanto maior o investimento, maior o lucro é assim que funciona o carnaval. Cancelar um carnaval é a forma mais errada de você “economizar”, pois é com os investimentos feitos pelo governo e instituições privadas que a economia de um país consegue se reerguer.

Por: Rafael Koshima

Analista de Marketing, formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), com MBA Gestão Empreendedora de Negócios pela Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC). Trabalha há cinco anos no mercado de Marketing atuando em vários mercados. Como hobby gosta de leituras, filmes, viagens, cerveja, amigos, musicas e festa.

0 comentário em “Por trás do Carnaval

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: