Skip to content

Ação da Associação Beneficente Santa Fé pára fila da exposição de Ron Mueck

fevereiro 23, 2015

Na rua, um menino abandonado e vítima de maus tratos está sentado em cima de um cartaz. “Se fosse uma escultura exposta em um museu, você veria?” Essa foi a proposta da ação de marketing de guerrilha que a Lew’Lara\TBWA criou e desenvolveu para a Associação Beneficente Santa Fé, do lado de fora da Pinacoteca do Estado de São Paulo, no último fim de semana, onde estava sendo exibida a exposição do escultor hiper-realista, Ron Mueck.

Nada contra as belas obras do artista australiano, que reproduzem fielmente cada detalhe e expressão de diferentes figuras humanas em situações cotidianas. Acontece que as imensas filas de mais de 4 horas para entrar na exposição e o número de 4 mil visitantes por dia (mais de 200 mil até o momento) também foram muito impressionantes. Esse cenário motivou a Lew’Lara\TBWA a criar a ativação que teve como objetivo mostrar ao público que crianças de verdade merecem a mesma – e até mais – atenção do que as reproduzidas na exposição.

Para impactar as pessoas na fila, um grande cartaz foi colocado no chão e, sentado em cima dele, esteve um menino que vive na rua – na mesma posição de uma das esculturas de Mueck: “Boy”, de 1999, com cinco metros de altura. No cartaz, destaca-se o questionamento: “Quando você vai querer ver gente de verdade?”. Abaixo do logo, a assinatura: “Para doar: www.santafe.org.br”.

imagem_release_373088

De acordo com Manir Fadel, presidente de criação da Lew’Lara\TBWA, a ação tem o objetivo de chamar a atenção da população a um problema secular do País, que é a situação das crianças que vivem nas ruas, consideradas figuras invisíveis por muitas pessoas no dia-a-dia, e incentivar as doações para a Associação Beneficente Santa Fé, que desenvolve um trabalho de acolhimento a meninos e meninas vítimas de maus tratos e abandono. “Muitas pessoas preferem desviar o olhar dessas crianças a tomar alguma atitude para mudar essa realidade. A ação criada para a Santa Fé mostra que ignorar o problema não ajudará esses meninos e meninas, que precisam de um ambiente seguro e adequado para o seu desenvolvimento”, explica o executivo.

imagem_release_373089

“As obras de Mueck destacam a observação meticulosa do artista para com as crianças e outras figuras humanas. Mas, na realidade, a observação da população às crianças abandonadas nas ruas, quando ocorre, não tem a mesma delicadeza e cuidado”, ressalta Márcia Ventura Dias, diretora presidente da Associação. Para conhecer mais sobre a ação, os projetos desenvolvidos, basta acessar o site www.santafe.org.br, que também é acessível pelo celular.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: