Skip to content

Cervejaria Colorado convida consumidor a ir além da “lei da pureza”

julho 21, 2016

IMG_2889Desde que surgiu, em 1996, a Cervejaria Colorado foi além dos 4 ingredientes básicos de uma cerveja (água, malte, lúpulo e levedura): usando a criatividade. Sempre em busca de ingredientes brasileiros para tornar as receitas ainda mais diferenciadas, suas cervejas são deliciosas releituras de estilos cervejeiros tradicionais.

“Meu sonho sempre foi desenvolver um estilo brasileiro de cerveja”, afirma Marcelo Carneiro, fundador da marca e um ícone da revolução cervejeira no Brasil. “As pessoas hoje estão fascinadas por essa história de puro malte, de lei da pureza – que vem da tradicional escola alemã –, mas isso é apenas uma maneira de fazer cerveja. É como dizer para um chef que ele só pode usar farinha e tomate – ele pode até fazer um delicioso macarrão, mas estará sempre limitado. Sempre acreditei que a diversidade é onde mora a riqueza e que nossas cervejas deveriam refletir o território onde elas são feitas, o Brasil”, afirma Marcelo.

 

A Cervejaria, que acaba de colocar no ar sua primeira campanha, com o mote #desiberne, quer provocar as pessoas a sair do automático e despertar para tudo o que a cerveja pode ser. Além disso, ao longo dos próximos meses, lançará 4 novas cervejas com frutas brasileiras de diferentes regiões do país. Os lançamentos somam-se aos rótulos já tradicionais da marca: a Cauim, pilsen com mandioca; a Appia, trigo com mel; a Indica, IPA com rapadura; e a Demoiselle, porter com café.

“Nossa ideia é convidar as pessoas a explorar novas possibilidades, ver as coisas de um jeito novo. A Colorado sempre foi pioneira e agora queremos que mais pessoas explorem isso com a gente”, afirma Mauricio Landi, gerente de marketing da Colorado. “Quem foi que disse que cerveja só pode ter água, malte, lúpulo e levedura? Isso é um dogma, uma imposição da escola cervejeira alemã do século XVI que surgiu como uma forma de controlar melhor os impostos, não necessariamente a qualidade da cerveja. Há muito tempo já é um consenso no mundo cervejeiro, até entre várias cervejarias alemãs, que a qualidade da cerveja não depende de ela seguir ou não essa premissa. Tanto é que na escola belga, tão tradicional quanto, isso nunca vingou. Queremos mostrar que cerveja é versátil, permite uma série de combinações inusitadas e criativas e pode ser muito mais do que estamos acostumados”, reforça Landi.

A nova fase da campanha ganha as ruas com mobiliários urbanos questionando esse dogma e, como resposta, traz as cervejas da Colorado com mel de laranjeira, café, mandioca, castanha-do-pará e rapadura. Ingredientes tão brasileiros quanto a criatividade. Esse jeito “desibernado”, criativo e ousado, tão presente na nossa cultura, pretende mudar também o jeito que enxergamos cerveja no Brasil.

IMG_2893

IMG_2892

IMG_2891

IMG_2890

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: