Mundo cervejeiro

Cervejas sem álcool ganham mais espaço entre os consumidores e se consolidam no mercado brasileiro

SIGA NO INSTAGRAM: @PUBLI_CERVEJA

Uma das cinco bebidas mais consumidas no mundo, a cerveja conquista cada dia mais fãs e se reinventa em novos rótulos e sabores no mercado. Além de ser encontrada em diferentes tipos – Larger, Pilsen, Weiss, Witbier, IPA – e colorações – clara, red, escura -, a cerveja conquistou paladares também no segmento sem álcool e, o que antes fazia parte de um grupo específico para agradar aqueles que não podiam beber, cresceu e hoje já é uma tendência.

 

Cada vez mais exigentes na hora de escolher os produtos que irão consumir, as pessoas estão buscando novidades que permitam desfrutar com sabor e qualidade cada ocasião de consumo. Nesse cenário, as cervejas sem álcool se tornaram ótima opção para aqueles que não querem abrir mão de tomar uma boa cerveja. Com isso, as cervejarias artesanais, como a mineira Wäls, têm encontrado um caminho para criar novas cervejas a fim de diversificarem as opções para os consumidores e promoverem essa imersão cada vez maior no mundo cervejeiro – com ou sem álcool, mas sempre com muito sabor.

 

A Wäls Session Free é um exemplo disso. Produzida artesanalmente, é a primeira Session IPA zero álcool do Brasil, tão saborosa e aromática quanto a tradicional, não existindo qualquer diferença, exceto pelo teor alcoólico. Para sua receita, Wäls manteve o sensorial cítrico e a intensidade de lúpulos da Wäls Session Citra, resultando numa versão zero álcool, extremamente aromática, refrescante e com amargor na medida. “Wäls sempre foi reconhecida pela qualidade em suas receitas, tanto que somos uma das cervejarias mais premiadas do mundo. Com a Session Free queremos surpreender e mostrar que o aroma e o sabor podem ser os mesmos de uma bebida tradicional, sem diminuir a experiência do consumidor. Não é o teor alcoólico que faz a qualidade da cerveja, mas sim a forma como ela é produzida”, afirma Célio Gutstein, Mestre Cervejeiro da Wäls.

 

E para presentear os fãs do universo da cerveja e mostrar que cerveja sem álcool pode ser sinônimo de muito sabor, Wäls, em parceria com o Rappi, entregará 8 mil unidades de Wäls Session Free até o dia 10 de outubro, na cidade de São Paulo. Para participar e concorrer a uma garrafa da cerveja, é simples. Basta ser usuário do Rappi e fã de Wäls pelo aplicativo. Com isso, automaticamente ele poderá ser um dos escolhidos para receber uma Wäls Session Free em casa e sem custo.

Quer conhecer mais sobre cervejas sem álcool? Confira abaixo a entrevista com Célio Gutstein, Mestre Cervejeiro de Wäls.

1) Fora do Brasil as cervejas sem álcool já são muito mais consumidas. Por que aqui essa onda demorou mais para chegar?

Acredito que no Brasil levou-se um tempo maior para vencer o preconceito com as cervejas sem álcool. Mas com a mudança de comportamento do consumidor, que busca cada vez mais por versões mais saudáveis, e com diversas empresas apostando neste sentido, começamos um movimento muito interessante. Com a Wäls Session Free, esperamos contribuir para essa onda, disponibilizando no mercado não somente uma cerveja sem álcool, mas uma nova opção de estilo sem álcool, Session IPA. Saborosa, com aromas cítricos e leve amargor proveniente do lúpulo Citra, essa cerveja é a versão sem álcool da nossa querida e premiada Session Citra.

2) Como é o processo de fabricação da cerveja sem álcool?

Basicamente existem dois processos mais utilizados para produzir cerveja sem álcool. O primeiro consiste no controle de uma fermentação interrompida, neste caso a fermentação acontece por um tempo reduzido, fazendo com que o mosto adquira algumas características da cerveja, cor, espuma, aromas da fermentação e quantidades inferiores a 0,5% v/v, o que – segundo a legislação brasileira – é o patamar máximo para se enquadrar como cerveja sem álcool. O segundo processo, que é o que utilizamos para criação da Wäls Session Free, garante 0,0% v/v de álcool, e consiste em fazer a fermentação do modo usual, porém quando se inicia a maturação a cerveja segue para remoção do álcool por meio da destilação à vácuo em baixas temperaturas. Após o álcool removido, é feito o processo ao qual chamamos de “Dry Hopping”, que consiste em adicionar lúpulos diretamente no tanque para agregar aromas, neste caso, aromas cítricos e frutados.

3) O que uma cerveja precisa ter para ser considerada sem álcool?

Ao contrário do que muita gente possa pensar, para ser classificada como sem álcool, uma cerveja não precisa ser “0,0” v/v. Atualmente, uma cerveja é classificada como sem álcool no Brasil desde que tenha um ABV de até 0,5% v/v, pois possui um percentual mínimo e seu consumo não produz efeitos sobre o consumidor. Mesmo tendo clara essa definição de que uma cerveja sem álcool pode ter um ABV de até 0,5%, é importante lembrar que a Wäls Session Free é 0,0% mesmo.

 

4) Então é possível fazer uma cerveja artesanal sem álcool?

Quando falamos de cerveja artesanal, a primeira coisa que me vem à cabeça é sobre a liberdade que temos em criar e inovar dentro deste mundo. Há algumas formas de se fabricar cervejas sem álcool, desde o uso de leveduras específicas em uma fermentação interrompida até a utilização de equipamentos de destilação a vácuo em baixas temperaturas. Portanto, sim, utilizando a tecnologia e a criatividade é possível fazer uma cerveja artesanal sem álcool.

 

5) A cerveja sem álcool tem menos qualidade do que a tradicional?

Com certeza, não. E ainda podemos fazer um exercício sobre o que entendemos como “qualidade”. Se a definição de qualidade estiver relacionada ao sabor, por exemplo, apesar de ainda, infelizmente, existir este preconceito de que cervejas sem álcool possuem um sabor ruim, eu digo que a qualidade de uma cerveja zero não é menor do que a de uma cerveja com álcool. Agora, se entendermos “qualidade” como algo relacionado aos “benefícios”, uma cerveja sem álcool pode ter mais atributos a seu favor se comparada a uma tradicional, principalmente diante da quantidade de calorias. Além de ajudar na hidratação, por ter grande parte da sua composição com água, a cerveja na versão zero álcool possui menos calorias.

 

6) E em termos de sabor, ela é menos saborosa?

Infelizmente ainda existe esse preconceito de que uma cerveja sem álcool é menos saborosa que uma cerveja tradicional. No entanto, é importante ressaltar que o sabor de uma cerveja é o resultado da combinação entre os sabores dos maltes, lúpulos e produtos da fermentação, portanto em uma cerveja zero, é possível ter uma experiência saborosa e agradável mesmo sem a sensação que o álcool normalmente gera no paladar. Nossa proposta com a Wäls Session Free é exatamente desafiar este conceito. Produzimos a primeira Session IPA zero álcool do Brasil, reforçando justamente o aspecto de sabor e amargor para a categoria.

0 comentário em “Cervejas sem álcool ganham mais espaço entre os consumidores e se consolidam no mercado brasileiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: