Novidades

Com obra artística no Minhocão de São Paulo, Stella Artois cria a primeira tinta do mundo feita à base de lúpulo nobre 

SIGA NO INSTAGRAM

Reconhecida mundialmente por ser um verdadeiro museu a céu aberto, São Paulo acaba de ganhar uma nova obra de arte que promete roubar a atenção das telas e fazer quem passa pelo Minhocão olhar para o alto. Para além do imponente tamanho de 300 metros quadrados, um ingrediente especial traz um sabor inusitado: o lúpulo nobre de Stella Artois se transformou em arte para dar vida a uma empena exclusiva pelas mãos da artista Aline Bispo. A criação é assinada pela CP+B Brasil para a cerveja Stella Artois, para dar destaque ao ingrediente que é responsável pela alta qualidade da cerveja premium da Ambev. Selecionado à mão uma vez ao ano, o lúpulo nobre agrega o amargor sofisticado e o aroma da cerveja.

Na foto, a artista Aline Bispo, que assina a criação de uma empena (ao fundo) exclusiva feita com tinta de lúpulo nobre de Stella Artois.
Créditos: Helena Yoshioka. 

Criado em parceria com o Instagrafite, hub global de arte pública com atuação em todo o mundo, e idealizado por Stella Artois, o projeto da ilustração escancara a reflexão sobre a importância do toque humano que dá alma a tudo que fazemos, reforçando o respeito ao trabalho manual que resulta em personalidade e alta qualidade. Assim como a arte surge pelas mãos da pessoa artista, também acontece durante a colheita do lúpulo nobre de Stella Artois, que é um dos mais premiados do mundo, colhido uma vez ao ano e selecionado à mão – e que agora está pela primeira vez na tinta criada pela marca da Ambev.

O mural está posicionado na Rua General Jardim e pode ser visto do alto pelo rooftop do charmoso Cora Restaurante. Sua criação levou sete dias e usou 150 litros de tinta à base de lúpulo — o equivalente a cerca de 454 long necks de Stella Artois. “Estou muito satisfeita com esse projeto, feliz em ocupar mais um espaço pela cidade já que uma parte importante do meu trabalho é essa conexão com as pessoas ao meu redor. É fácil nos permitirmos ser controlades pela tecnologia, mas a arte e as relações sociais nos resgatam e nos lembram que a presença e o toque humano devem ser sempre o mais importante”, revela Aline Bispo.

“Valorizamos tudo que inspira e conecta as pessoas, como gastronomia, arte, moda, música e outras áreas da criatividade, que reforçam a ligação com o que há de mais humano em todos nós. Pelas nossas mãos, o lúpulo vira arte. Esse toque pessoal está em tudo que fazemos e também norteia as experiências e histórias que queremos levar ao nosso público, sempre indo além do nosso papel como marca” destaca Guilherme Perez, líder de cultura de Stella Artois.
 

“A qualidade de Stella Artois vem do cuidado da seleção à mão do seu lúpulo nobre, um atributo que encaramos como arte. Criar uma inovação, trazendo uma tinta inédita de lúpulo em uma ação junto a uma artista como a Aline Bispo é um jeito de mostrar, de maneira lúdica, o compromisso que a marca tem com todos os detalhes, da fabricação às experiências que proporciona”, finaliza Luciana Cardoso, diretora executiva de criação CP+B.

SIGA NO INSTAGRAM

0 comentário em “Com obra artística no Minhocão de São Paulo, Stella Artois cria a primeira tinta do mundo feita à base de lúpulo nobre 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: