Skip to content

Dupla de diretores chega à Dogs Can Fly com uma pegada urbana

outubro 29, 2014

A Dogs Can Fly, dos sócios Ricardo Whately e José Henrique Caldas, continua sua fase de ampliação. Depois da contratação de Renato Jabuka no primeiro semestre do ano, chegam à produtora audiovisual a dupla de diretores DOM, formada por Gabriel Cupaiolo e Levi Vatavuk. “Os dois são dessa geração de artistas criativos e inclinados a trabalhar em colaboração”, comenta Mônica Siqueira, diretora de atendimento da produtora. A dupla se conheceu no começo do ano quando trabalharam numa campanha para GNT com o Rodrigo Hilbert.

Desde então começaram a duplar. A escolha do nome DOM surgiu entre os amigos. Esse lance de brincadeira de rua: “e aí dom?”. E é o universo das ruas que procuram imprimir nos seus trabalhos. O mais recente deles, finalizado pouco antes da sua chegada à Dogs, foi um filme feito em parceria com marcas de street wear – EASE, Aesthetic e Akomplice – e o artista plástico Sliks. Com o título de Collab, o filme gira em torno de acontecimentos cotidianos de uma cidade cosmopolita, traz uma composição de imagens de pessoas e graffitis e acompanha um pouco da rotina do próprio Sliks. São dele, por sinal, estampas presentes nas coleções das três marcas e que também aparecem no filme.

Dogs Can Fly_Dupla DOM

loucos por audiovisual e Quentin Tarantino, a equipe da Dogs Can Fly encarna uma pegada à la Cães de Aluguel pra comemorar a chegada dos novos diretores à produtora. Na foto, Mônica Siqueira, diretora de atendimento; Gabriel Cupaiolo e Levi Vatavuk, que formam a dupla DOM e, o sócio e diretor artístico, Ricardo Whately. 

A trilha da peça foi contribuição do trio de rap nacional Elo da Corrente e seu refrão tem sinergia também com o lifestyle da dupla: “prepara o seu coração para as coisas que eu vou cantar, não solte da minha mão, venha, vamos juntos voar. Levantar poeira do chão e fazer a mesa virar. Prepara o seu coração que o mundo há de girar”.

“Filmamos com uma equipe enxuta em três datas de jogos do Brasil. Foi muito louco acompanhar o humor da cidade, a transformação do trânsito. Ver as portas do comércio baixarem.
Pegamos o carro emprestado com o Mauro (artista que divide residência com o Sliks) e saímos para o passeio”, diz Dom Cupaiolo. “Foi prazeroso estar com uma red na rua enquanto o Sliks grafitava”, comenta Dom Vatavuk.

Cupaiolo já produziu conteúdos para a Danone e passou por agências e produtoras como a CuboCC, Agência Manga e O2. Vatavuk teve passagens como finalizador e montador por importantes produtoras, como Sentimental Filmes, BossaNovaFilms e outras. Completam o time de diretores da Dogs Can Fly: Lucas Gontijo, Victor Abreu, Renato Jabuka, Ricardo Whately e Tom Stringhini.

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: