Vídeos

“A Voz de Marielle”: ferramenta conecta imagens e artes da vereadora com seus discursos através de reconhecimento facial e realidade aumentada 

SIGA NO INSTAGRAM

O Instituto Marielle Franco lança hoje, a ferramenta “A Voz de Marielle”, um projeto global que traz de volta a voz da política e ativista social brasileira em mais de dez de seus discursos emblemáticos.

Quatro anos após seu assassinato, o rosto de Marielle Franco se tornou mundialmente um ícone político e cultural, espalhado nas mídias, artes de rua e outras formas de expressão; mas com o passar do tempo sua voz e seus discursos vêm sendo menos reproduzidos.

O projeto desenvolvido pela VMLY&R Spain em parceria com o Instituto Marielle Franco, não quer deixar a memória se apagar e apresenta de um jeito interativo alguns de seus principais discursos para encorajar as pessoas a seguirem sua luta por igualdade, justiça de gênero,  raça e direitos humanos.

No centro do projeto está uma experiência interativa inovadora de realidade virtual desenvolvida pela Vetor Lab, que transforma o rosto de Marielle em um portal para sua voz. Ela usa reconhecimento facial e inteligência artificial  para identificar retratos da ativista (fotografias, grafites, ilustrações etc.). As pessoas devem simplesmente acessar o site, apontar a câmera do celular para o rosto da Marielle para ativar imediatamente seus discursos mais fortes. Cada discurso conta com uma trilha feita em parceria com a produtora de áudio DaHouse, que com a ajuda de uma inovadora tecnologia de sintetizadores, instrumentalizou a voz de Marielle para criar a composição.

Escute a voz de Marielle: avozdemarielle.com.

As pessoas podem gravar suas interações e compartilhá-las nas redes sociais com a hashtag #AVozDeMarielle.

Parte da nossa missão no Instituto é inspirar mulheres negras, pessoas LGBTQIA+ e periféricas a seguirem movendo as estruturas, e fazemos isso através da defesa da memória e da multiplicação do legado de Marielle. Muitas pessoas conhecem  seu nome, mas não sabem o que ela defendia. Conectar sua voz às suas imagens é uma forma de não deixarmos que a luta se esvazie e perca o sentido. Estamos usando a tecnologia para garantir que a memória de mulheres negras estará para sempre protegida e difundida, atravessando gerações.”, comenta Anielle Franco, Diretora Executiva  do Instituto Marielle Franco e irmã de Marielle.

Há quatro anos, Marielle foi morta por causa de seus discursos poderosos. No mês em que se comemora seus  43 anos estamos colocando sua voz em milhares de grafites que estampam seu rosto em todo o mundo. Esta é uma grande oportunidade para lembrarmos de sua força e mantê-la viva. Em um país onde a injustiça social e o preconceito se agrava a cada dia eternizar a voz de.uma mulher negra, LGBTQIA+, favelada que chegou ao parlamento lutando por igualdade é fundamental”, afirma Manir Fadel, Diretor de Criação da VMLY&R Espanha. 

O projeto está sendo lançado uma semana antes da inauguração da estátua de Marielle Franco no centro do Rio de Janeiro, que será apresentada ao público  em 27 de julho – dia em que comemoraria seus 43 anos – com o intuito de criar um local especial onde as pessoas possam ouvir sua  voz. O Instituto Marielle Franco convidará estudantes de pré vestibular, ativistas, políticos e o público para a inauguração com uma aula pública sobre a memória das mulheres negras e, por meio da experiência “A Voz de Marielle”, todos que visitarem a estátua ouvirão seus poderosos discursos.

Para o lançamento do projeto foi produzido um vídeo que será veiculado nas redes sociais e contará com o suporte de influenciadores que convidarão as pessoas a entrarem no aplicativo  na web. A experiência é facilmente acessível através do celular para qualquer pessoa com uma câmera.  

Ativistas, grafiteiros e artistas da Rede de Sementes do Instituto Marielle Franco, espalhadas por todo o Brasil também ajudarão a divulgar a campanha com cartazes e grafites com o rosto de Marielle e um QR Code com link para o site.

A Rede de voluntárias do Instituto também foi importante na transcrição dos discursos de Marielle, que estarão disponíveis na íntegra em documentos online para pesquisadoras e pessoas interessadas em conhecer a fundo suas ideias, além do canal de YouTube do Instituto. 

Ficha Técnica

Criação: VMLY&R Madrid

Chief Creative Officer EMEA: Jaime Mandelbaum 

Chief Creative Officer Spain: Manir Fadel 

Diretor Executivo de Criação: Adrian Rios 

Diretor de Criação: Leandro Bordoni 

Criativos: Manir Fadel, Adrian Rios, Leandro Bordoni, Fernando Heredia, Silvia Oton 

Designer: Fernando Heredia 

Tecnologia: Vetor Lab

Diretor de Tecnologia: Giovani Ferreira

Direção Executiva: Alberto Lopes

Atendimento: Raphael Stanzani

Gerente de Projetos: Daniela Murai

Desenvolvedores: Luiz Felds Liscia, Tiago Canzian, William Queen

DA: Artnoc (Marcos Rodrigues)

Assistente de Arte: Matheus Carrera

UX: Giovani Ferreira

Front-End Developer: Julio Cesar Almeida 

Produtora de Audio: DaHouse

Direção Musical:  Lucas Mayer e Silvinho Erné

Produção e Composição: Lucas Mayer & Rodrigo Lemos

Mix: Rodrigo Deltoro & Thiago Becker

Executive Producer: Lari Miranda & Andrea Oliveira

Estratégia, conteúdo e comunicação: Instituto Marielle Franco

Diretora Executiva: Anielle Franco

Gestão: Marcelle Decothé, Luna Costa, Rafa Rezende

Relação com a Rede de Sementes: Laris Santos

Audiovisual: Mayara Donaria

Redes Sociais: Andressa Almeida

Transcrição: Anna Orzech e José A dos Santos Junior

SIGA NO INSTAGRAM

0 comentário em ““A Voz de Marielle”: ferramenta conecta imagens e artes da vereadora com seus discursos através de reconhecimento facial e realidade aumentada 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: